Contratar ou Terceirizar

Contratar e terceirizar são duas das alternativas mais usadas por empresas que estão precisando preencher seu corpo de funcionários. Porém, muitas empresas não sabem quais as opções são mais interessantes para o seu planejamento.

E se você está incluído nesse grupo, chegou ao local correto para acabar com suas dúvidas. Entender quais são as virtudes e os pontos para se ficar atento em relação a cada um dos modelos de contratação, é essencial para evitar os erros nesse momento.

No mais, se você está interessado (a) em descobrir qual a melhor opção entre as duas disponíveis, não deixe de ler o artigo a seguir!

O que significa a contratação de um trabalhador?

Para entender qual é melhor entre contratar e terceirizar, primeiro, temos que entender o que significa cada um. E para isso, vamos falar primeiro sobre a contratação de funcionários, prática extremamente comum dentro do mercado de trabalho.

A contratação é o compromisso que as empresas firmam com um funcionário, por meio da CLT. Aqui, a função de cada pessoa contratada é bem definida, não sendo possível solicitar, legalmente, que o seu colaborador realize atividades de outros cargos, por exemplo.

Ou seja, é uma atuação um pouco mais engessada, e que pode dar prejuízos para a empresa em caso de rescisão. Além disso, por conta dos tributos trabalhistas, em alguns casos, o empregador paga quase o dobro do salário do funcionário apenas em impostos.

O que é a terceirização no mercado de trabalho?

Ao terceirizar alguma tarefa, uma empresa conta com um funcionário durante um período determinado de tempo. Dessa forma, não é necessário pagar por trabalhadores que não terão qualquer utilidade para a empresa após um período de tempo.

Além disso, no caso de imprevistos, é possível fazer a contratação de funcionários pontuais, para resolver problemas únicos. Isso faz com que a terceirização seja uma alternativa mais interessante para algumas empresas que não querem uma atuação engessada.

No mais, as despesas trabalhistas não são cobradas para os funcionários terceirizados, o que torna a sua contratação mais barata do que uma feita no regime CLT. No fim, essa é a principal diferença entre as duas alternativas mais usadas por empreendimentos.

Qual das duas opções é mais interessante?

No fim, entre contratar e terceirizar, é necessário escolher uma das opções para dar seguimento no seu planejamento empresarial. Porém, é preciso entender que nem toda empresa conta com as mesmas necessidades do que as outras.

Por essa razão, uma alternativa mais interessante para uma, pode não ser tão viável para outra. Se você quer um funcionário mais o planejamento interno, que vá lidar com informações muito confidenciais, o regime CLT pode ser o mais interessante.

Porém, se o plano é gastar menos, e ter uma atuação mais diversificada, com soluções para diferentes áreas, a terceirização é uma opção mais interessante. É preciso analisar as suas necessidades para entender qual é o melhor para a sua empresa no momento.

No mais, nosso texto acaba aqui, mas se você está interessado em contar com serviços terceirizados, de especialistas em tecnologia, não deixe de acessar o nosso site e conhecer um pouco mais sobre a nossa empresa!