Em tempos de pandemia somos forçados a nos reinventar e fazer diferente para poder sobreviver.

Esta quarentena que já dura meses, gerou incômodos, expôs fragilidades, trouxe preocupações com os riscos de contaminação, sem contar com os impactos econômicos que tem assustado a todos os níveis da sociedade.

Em menos de seis meses, mais de 700 mil empresas fecharam suas portas e atingimos mais de 12 milhões de desempregados no Brasil.

Mas são os sintomas psicológicos relacionados a pandemia o nosso grande desafio, pois sem equilíbrio emocional, não teremos forças para se reinventar e fazer diferente.

No início da pandemia passamos por uma mudança radical no estilo de vida, com o medo de contaminação e incertezas relacionadas ao vírus, posteriormente com o confinamento compulsório por um período maior do que pensávamos inicialmente.

Manifestações de raiva, ansiedade, irritabilidade, e desconforto em relação à nova realidade são normais, mas o grande desafio é lidar com o desenvolvimento do estresse pós-traumático, causados pelas perdas afetivas, experiências traumáticas decorrentes do tratamento intensivo e vivenciando experiências próxima da morte ou de famílias enlutadas.

Em tempos de pandemia

A crise nos tira da zona de conforto, faz criarmos novos hábitos, e este e o grande desafio desta mudança.

Em tempos de pandemia – Nossos medos

O desafio da mudança é o aprendizado que temos mesmo tendo medo do novo, daquilo que não é um hábito para nós, nosso cérebro está sempre indo por caminhos conhecidos, por isso quando saímos da nossa zona de conforto temos tanta resistência.

Nenhum profissional, seja ele de qual área for será tão bom se nunca tiver passado por grandes desafios e tempestades ao longo de sua carreira, então, eu te pergunto: este momento de crise tem feito você recalcular a sua rota ou você já não tinha objetivos pessoas e profissionais ?

O Novo normal

A pandemia será um marco em nossas vidas, desacelerando a economia e mostrando-nos que existem outras maneiras de trabalhar, aprender, consumir e se relacionar.

É a oportunidade de aprender, talvez mais rápido do que estamos fazendo, que existe uma maneira diferente de levar as sociedades adiante, fazendo uso dos recursos que a tecnologia nos oferece.

Ser resiliente é a capacidade que temos como seres humanos de superar uma crise e aprender com ela. Esta é uma nova oportunidade para trabalharmos na transformação de uma nova sociedade, a fim de construir um mundo mais humano e seguro para todos.

Em tempos de pandemia, vivenciamos um período de transição. Com as medidas de distanciamento social, o mercado de trabalho foi afetado abruptamente, dando um espaço cada vez maior ao home office, o que evidenciou a importância da tecnologia atualmente e na construção do ‘novo normal’.

O tempo é algo que passa continuamente e precisamos aproveitá-lo da melhor maneira. Esta crise trouxe enormes oportunidades aos profissionais de tecnologia, o mundo será mais digital daqui para frente, e isto nos mostra um novo horizonte, onde diversas novas funções surgirão, empresas passarão de meras fornecedoras à provedoras de soluções completas.

Mais do que nunca devemos estra antenados,  por isso neste novo modelo invista em você, reinvente-se, busque cada vez mais estar em sintonia com o novo mundo que teremos de agora em diante. 

Este artigo foi desenvolvido em parceria com a psicanalista Fabiana Mantovam.

Gostou deste artigo? Acesse nosso site conheça um pouco mais sobre nossos serviços e soluções e veja outros conteúdos relevantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *