Image

Mapeamento de crenças e valores (Mindset)

As crenças são suposições ou convicções julgadas verdadeiras a respeito de pessoas, conceitos ou fatos. É um estado psicológico em que o indivíduo adota e se posiciona em relação ao que ele considera verdadeiro e certo. Crenças são conceitos, ideias, pressupostos e pensamentos, nos quais se acredita. São poderosas e impactam nossas vidas, sem que tenhamos clara consciência de nossas crenças.

Os valores representam o grau de importância atribuído, subjetivamente, a pessoas, conceitos ou fatos. Os valores organizam-se em uma estrutura pessoal e única para cada indivíduo.

O núcleo dessa estrutura mantém-se consistente e estável durante a vida, mas as pessoas individualmente determinam os graus de importância para seus próprios valores. Essa ordem é transitória. Assim, de tempos em tempos, esses graus variam. Mesmo em um grupo em que indivíduos acreditam em valores semelhantes, esses graus variam de importância e de intensidade para cada indivíduo. Sendo assim, crenças e valores não são inatos e, sim, aprendidos, variando de acordo com a sociedade, a cultura e a época. Não podem ser vistos nem ouvidos, mas apesar disso, são reais, influenciam de modo consciente ou inconsciente o comportamento e guiam o indivíduo e o grupo.

As crenças e os valores estão inter-relacionados e são incorporados mediante um processo de aprendizagem, que ocorre nas primeiras fases da vida, quando se aprende os modelos de conduta aceitáveis ou inaceitáveis.

As mudanças individuais podem interferir nos valores do grupo e vice-versa. Nessa interação, se os valores do indivíduo e os da instituição em que trabalha se opõem, surge conflitos. O conflito aparece quando é necessário escolher um entre valores de igual importância, ou quando a importância relativa dos maiores não está bem determinada. Essas divergências causam tensão e se a estrutura de valores profissionais não está bem definida, os conflitos podem produzir atritos e frustrações.

Assim como acontece com as pessoas, as organizações também tem crenças e valores. Os valores mesmo que de forma inconsciente são a filosofia que rege o modo de agir de cada um para atingir seus objetivos. Refletem nos comportamentos, atitudes e decisões de todos, norteando os relacionamentos.

A compreensão e a aceitação de crenças e valores comuns, pelos colaboradores de uma organização, reduzem os conflitos, aumentam o grau de empatia e diminuem os obstáculos na interação e facilitam o trabalho em equipe e o sucesso da organização.

Quando os líderes da organização estão engajados com os valores da organização eles transmitem para seus colaboradores de forma natural, servindo como exemplo para os colaboradores, por meio de ações coerentes com os valores que procuram transmitir.

Os colaboradores tendem a imitar as características observadas nos líderes. Isso evidencia a importância da conduta moral de quem pertence exercer a liderança, pois as atitudes são mais facilmente imitadas do que aprendidas.

Fale com um especialista

Precisando de ajuda? Fale com nosso especialista.

Preencha o formulário abaixo e em breve entraremos em contato.

Obrigado!