infraestrutura de ti na nuvem

Em geral, sabemos que a competitividade é um dos pilares mais importantes de uma empresa. Afinal, todos querem driblar a concorrência e conquistar grandes posições de autoridade. Nesse quesito, é preciso inovação e investimento em tecnologia, uma vez que o mercado global e os consumidores estão evoluindo cada vez mais. Dessa forma, é necessário acompanhar essas tendências, e uma delas é a implementação da infraestrutura em TI na nuvem, isto é, na computação em nuvem.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o nosso post até o final e veja 3 vantagens de uma infraestrutura de TI na nuvem.

Afinal, o que é uma estrutura em TI?

Em resumo, a estrutura de TI visa reunir todos os serviços e componentes tecnológicos de uma empresa. Através dessa prática, é possível fundamentar todo o sistema de informação de uma corporação. Essa base relaciona-se a todos os processos internos necessários para que as atividades de um negócio possam ser conduzidas de maneira eficiente, prática e, principalmente, segura.

Em geral, podemos destacar alguns itens que compõem a infraestrutura de TI, como por exemplo:

  • Aplicativos e softwares;
  • Sistemas operacionais;
  • Variados tipos de hardwares;
  • Plataformas para internet;
  • Controle de armazenamento de dados.

infraestrutura de ti na nuvem

3 vantagens da infraestrutura de TI na nuvem

Agora que você já entende o conceito e a importância da infraestrutura de TI, não fica difícil percebermos a sua importância na integração de processos em nuvem. A Cloud computing, como é popularmente conhecida, faz com que as atividades de uma empresa possam ser realizadas de forma completamente remota, ou seja, de qualquer lugar do mundo.

Logo, o colaborador não precisa estar presencialmente dentro de uma empresa para buscar algum dado, realizar uma atividade ou finalizar algum processo importante. Através da cloud computing, é possível ter acesso a qualquer tipo de dado ou informação através da internet.

Com base nisso, podemos enxergar algumas vantagens da incorporação da infraestrutura em de TI na nuvem. Confira abaixo:

1. Mais segurança

Com a integração da TI em sistemas de nuvem, podemos observar uma segurança ainda maior. Isso porque os arquivos são transmitidos e usados em rede, e logo, podem ser acessados por qualquer pessoa — quando não há nenhum tipo de restrição ou segurança.

Através da infraestrutura de TI, é possível monitorar os usuários que estão online e que estão utilizando os arquivos em nuvem. Além disso, reforça a segurança da rede com diversos tipos de firewalls, a fim de evitar fraudes e até mesmo crimes cibernéticos.

2. Reduz custos

Não menos importante do que a segurança, é poder entender que a infraestrutura de TI também reduz custos internos. Isso porque os processos se tornarão cada vez mais virtuais — uma vez que a computação em nuvem está integrada.

Dessa forma, é possível reduzir custos internos com maquinário, capital humano, parque de impressão, infraestrutura, locação de espaços etc. Tudo pode ser gerido de maneira online, e sem possíveis custos elevados.

3. É uma tendência para o futuro

Devido à crise da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), podemos perceber o quanto as empresas tiveram que se adaptar aos moldes do novo consumo e do isolamento social. A fim de assegurar que, tanto colaboradores quanto clientes estivessem seguros, percebemos o alto investimento no home office.

E nesse quesito, a computação em nuvem, aliada a TI, entrou em cena. Para conduzirmos serviços empresariais à distância, precisamos de acessibilidade online. Assim, esse modelo acabou virando tendência e promete ser extremamente valorizado no futuro.

Gostou das dicas? Agora que você já tirou todas as suas dúvidas sobre a infraestrutura de TI aliada à cloud computing, que tal conhecer os nossos produtos e serviços? Acesse agora mesmo o nosso site e saiba como podemos ajudar sua marca a crescer ainda mais no mercado.